alimento diário online - sexta feira

 

A Economia Divina

O Plano de Deus em nossa Vida

 

Semana 08 – Lições extraídas da vida de José [2] – (Gn 37:6-11; 39:21-23)

 

Sexta-Feira – Leitura bíblica: Gn 1: 28; 39: 23; Mt 9: 12, 36; Rm 2: 11; Hb 5: 7-8

 

 

Ler com oração:

"O Senhor, porém, era com José, e lhe foi benigno, e lhe deu mercê perante o carcereiro; o qual confiou às mãos de José todos os presos que estavam no cárcere; e ele fazia tudo quanto se devia fazer ali" (Gn 39: 21-22)

 

A TERCEIRA LIÇÃO DE JOSÉ - NA PRISÃO

José foi um servo fiel e prudente ao encargo que recebeu. Esse é o modelo que devemos almejar. Na terceira fase, durante a sua prisão, vemos que ele manteve um sólido relacionamento com Deus, apesar de se deparar com diferentes tipos de pessoas naquele lugar. Mesmo no cárcere, o Senhor era com José e lhe foi benigno. Ali o Senhor lhe deu mercê perante o carcereiro, que confiou às suas mãos todos os presos, e ele fazia tudo quanto se devia executar no ambiente da prisão (Gn 39: 21-22).

Não se deixando afetar pela esfera hostil da cadeia, constatamos mais duas lições nessa etapa da vida de José: ele reinou sobre as situações e circunstâncias e soube se relacionar com todos os tipos de pessoas.

De acordo com a Palavra de Deus, necessitamos de domínio sobre as situações (Gn 1: 28). A fase que passou na prisão foi a mais importante na vida de José. Nesta etapa ele foi moldado a ser um representante adequado do Senhor e aprendeu a gerir as diferentes situações, a ponto de o carcereiro não se preocupar com nenhum item da perigosa rotina da prisão (39: 23). O fato de José se relacionar com qualquer tipo de pessoa é maravilhoso!

No cárcere, José recebeu a comissão de cuidar do foco principal de Deus: as pessoas. Não importa onde estivermos, que sejamos fiéis ao Senhor em apascentar e pastorear aqueles que Ele nos confiou (Mt 9: 36).

Não podemos negligenciar nosso lado humano, pois precisamos ser pessoas corretas e adequadas. Nossa humanidade deve ser útil para alcançar as pessoas com vistas à pregação do evangelho do reino. Precisamos das melhores virtudes, de acordo com o padrão de Deus para nós. Não podemos nos conformar com uma humanidade inferior, pois Deus deseja que ela seja elevada, apropriada a um filho de Deus.

Como ilustração, podemos citar a experiência de um servo de Deus, a qual o Senhor usou para torná-lo mais sensível às necessidades humanas das pessoas. Durante um evento cristão, a esposa desse servo do Senhor sofreu um grave acidente de trânsito, o que ocasionou a perda de sua filha, ainda criança. Tudo isso para quê? Para sensibilizá-lo a respeito da dor humana. A igreja do Senhor deve se preocupar principalmente com os “fracos e doentes”, pois para eles é que Jesus veio (Mt 9: 12). Louvado seja o Senhor!

Ponto-chave: Não fazer acepção de pessoas.
Pergunta: Que lições temos aprendido sobre compadecer-se da condição humana?

Leitura de apoio:
“Chamados para promover a Fé” – cap. 1 – Dong Yu Lan.
“A nossa esperança não se limita a esta vida” – cap. 3 – Editora Árvore da Vida.

Ouvir o Alimento Diário, durante a leitura!

Para ouvir o alimento diário no celular:


O áudio do alimento diário é copilado da Rádio Vida Para Todos, do Instituto Vida Para Todos.