Igreja em Campina Grande
O Testemunho da Unidade do Corpo de Cristo nesta Cidade.
Horário das Reuniões: Terça-Feira - Reunião de Oração - 20:00Hs.  -  Quarta-Feira - Reunião de Grupo Familiar - 19:30Hs.  -  Sexta-Feira - Reunião dos Irmãos de Seviço - 19:30Hs.  -  Sábado - Reunião Ministérial da Palavra - 19:30Hs.  -  Domingo - Reunião do Partir do Pão - 17:00Hs.
| Inicio | O Que Cremos... | Perguntas e Respostas | Mensagens | Alimento Diário On-line |
| Expansão | Reuniões | Mensagens em Áudio | Programas de Rádio |
| Links | Fotos | Contate-nos | Literatura |
 
Menu
  Início
O Que Cremos
Perguntas
Mensagens
Expansão
Reuniões
Link
Áudio
Encargos
Programas Rádio
Alimento Diário
Contate-nos
Fotos e Vídeos
Radio Web
Downloads
Compartilhar
Literaturas
Palestras
Informativo
Agenda
Novidade
 
 

Mensagem - Quem Somos Nós - 3º. Parte

QUE SOMOS NÓS? - Continuação

(O texto a seguir é uma mensagem liberada pelo irmão Watchman Nee, em Xangai, em janeiro de 1934, durante a terceira Conferência da Vitória)

 

A OBRA DE DEUS HOJE E AS REVELAÇÕES COMULATIVAS DE DEUS

             Das dissertações acima, podemos ver as diversas descobertas da verdade de Deus que ocorreram antes e durante este século. Agora precisamos perguntar: que é o mover de Deus na China hoje? Que tipo de obra Deus está fazendo hoje? Imediatamente após ser salvo, eu ouvi muitos ensinamentos de missionários estrangeiros. Na China antes de 1920, era difícil até mesmo ouvir-se uma mensagem sobre a salvação. Depois de 1920, foram pregadas muitas mensagens sobre salvação, justificação e regeneração. Antes disso, muitas pessoas não conheciam nem mesmo a salvação.

Atualmente, há mais de cento e cinquenta denominações diferentes. Deus nos mostrou o erro do denominacionalismo e o engano do sectarismo. Por essa razão, começamos a pregar estas mensagens. Mais tarde, Deus passou a mostrar-nos cada uma das diversas verdades, isto é, as verdades que mencionamos anteriormente. Gradualmente começamos a ver a vitória de Cristo, a vida de ressurreição, o ensinamento da cruz, a obra do Espírito Santo, etc. Por toda parte na China, os homens começaram a entender essas coisas. Em nossas conversas com os missionários ocidentais, descobrimos que muitas dessas verdades também foram restauradas no Ocidente do mesmo modo. Sabemos que as verdades de Deus são cumulativas; ou seja, as verdades posteriores ou recentes não invadiam as anteriores, todas as verdades passadas de Deus formam o fundamento das verdades hoje. O que vemos hoje são as revelações cumulativas de Deus.

Quando Deus nos abre os olhos para ver este fato, começamos a perceber que estamos vivendo no fluir da Sua vontade. Esse fluir é uma continuação de todas as obras passadas de Deus nas eras anteriores. A partir de 1926, começamos a liberar muitas mensagens a respeito da salvação, da Igreja, da cruz, e demos muitos testemunhos a respeito desses assuntos. Em 1927, concentramos nossa atenção na obra subjetiva da cruz. Vimos que, no que se refere à cruz, não há somente a verdade sobre a Sua morte, há também o fato da ressurreição. No passado, a ressurreição que pregávamos era simplesmente uma questão de fé, não estava relacionada à nossa experiência. O que falamos hoje é ressurreição como princípio de vida. Não é meramente doutrina, mas trata-se de um fato espiritual. É como um grão; é o princípio da ressurreição. Depois disso, Deus nos mostrou o que é o Corpo de Cristo e onde esta a realidade desse Corpo. Começamos a perceber que, assim como há somente uma vida de Cristo, há somente uma igreja. Pessoalmente, recebi muita ajuda da Sra. Penn-Lewis. Na Inglaterra, havia o Sr. Austin-Sparks que também foi muito ajudado por ela. O irmão Sparks era pastor numa capela batista na área sudeste de Londres. Mais tarde, o Senhor mostrou-lhe diversas verdades quanto ao significado da ressurreição e o significado da vida da igreja.

Não podemos dizer que as verdades anteriormente mencionadas não existiam antes de hoje. Entretanto, elas não haviam sido reveladas tão claramente como hoje. Apesar disso, antes de 1928, nada mencionáramos a respeito dos assuntos centrais de Deus. Em Fevereiro de 1928, passamos a mencionar algo sobre o propósito eterno de Deus. Daí em diante, começamos a dizer às pessoas o que é o propósito eterno de Deus. Naquele ano, tivemos nossa primeira "Conferência da Vitória". Depois, tivemos uma segunda Conferência da Vitória. Todas as coisas mencionadas nessas conferências foram assuntos relacionados ao tema central de Deus. Apesar das revelações acima, foi somente em 1934 que percebemos que a centralidade de tudo o que está relacionado a Deus é Cristo. Cristo é a centralidade e a universalidade de Deus. Todo o plano de Deus está relacionado a Cristo. Essa é a verdade que Deus se compraz em revelar-nos nestes dias. Essa é também a mensagem que pregamos durante esta conferência. Isso é o que Deus também mostrou para o irmão Sparks. Ele viu muito da verdade a respeito dos vencedores de Deus. Os vencedores de Deus são um grupo de pessoas que tomam a liderança em posicionar-se no lugar de morte em favor de toda a congregação.

O relacionamento deles com a igreja é o relacionamento de Sião com Jerusalém. Todas as exigências de Deus recaem sobre Sião. Quando Sião é ganha, Jerusalém é ganha. Quando Sião e Jerusalém estão asseguradas, o propósito de Deus é cumprido. Nosso coração está cheio de ações de graça para com Deus. Temos recebido muita ajuda de todos esses irmãos. Como Paulo disse: "Nem o aprendi de homem algum" (Gl. 1:12). Da mesma maneira, podemos dizer que, embora tenhamos recebido ajuda dos nossos irmãos, estas revelações não foram recebidas de homem. Recebemos ajuda das mensagens de Lutero, Zinzendorf, dos Irmãos da Morávia e de Keswick. Hoje cremos que o objetivo final e máximo de Deus é ter Cristo como tudo. Um pastor idoso, Dr. F.B. Meyer, também viu essa questão. Entretanto, ele já tinha mais de noventa anos e não pôde fazer quase nada. Creio que Deus tem uma única obra hoje. Essa é a mensagem de Colossenses 1:18 que diz que Deus deseja ver Cristo ganhar a primazia em todas as coisas. A base de tudo é a morte, a ressurreição e a ascensão de Cristo. Além de Cristo não há nenhuma outra realidade espiritual. Esta é a "presente verdade" de Deus.

ANUNCIANDO UM CHAMAMENTO

Portanto, que estamos fazendo hoje? Devemos responder, assim como João Batista, que somos uma voz que clama no deserto (Jo 1:23). Nossa obra e anunciar o chamamento aos filhos de Deus para que retornem ao propósito central de Deus, para tomar Cristo como o centro de todas as coisas, e para tomar Sua morte, ressurreição e ascensão como a base de todas as coisas. Essa é a mensagem de Colossenses 1 e 3. Conhecemos a posição da igreja no Novo Testamento. Percebemos que essa posição é sublime e espiritual. Agradecemos a Deus pela ajuda dada a nós pelos missionários ocidentais. Todavia, Deus está mostrando-nos hoje que devemos trazer todas as coisas de volta ao propósito central de Deus. Nossa obra hoje é voltar à base bíblica da igreja.

Toda verdade de Deus tem a igreja como ponto de partida. Paulo foi colocado, primeiramente, na igreja em Antioquia. Mais tarde ele foi enviado pela igreja em Antioquia. Toda a verdade que pregamos hoje tem a igreja como ponto de partida. Essa é a nossa obra e esse é o nosso testemunho. Deveríamos mencionar menos as variadas verdades. Devemos fazer tudo o que pudermos para mostrar às pessoas que o Senhor é o Cabeça sobre todas as coisas. Não estamos aqui quebrando igrejas. Antes, estamos retornando à obra inicial dos apóstolos.

Temos de ser cuidadosos em tudo o que fazemos. Tudo o que é do homem devemos aprender a rejeitar e tudo o que é de Deus devemos empenhar-nos para alcançar. Agradecemos a Deus por podermos tocar seu grandioso propósito. Precisamos ser humildes, prostrar-nos e negar a nós mesmos. Precisamos estar claros de que a nossa obra hoje não é simplesmente salvar algumas almas ou ajudar os outros a se tornarem espirituais. Nosso alvo é, sem dúvida, o maior e mais glorioso. Graças a Deus que podemos conhecer a "presente verdade" de Deus. Que Deus seja gracioso conosco para que não nos tornemos desviados da "presente verdade". Que sejamos vigilantes e não permitamos que a carne penetre ou que o ego ganhe qualquer terreno. Que a vontade de Deus seja cumprida em nós.

QUATRO RESPONSABILIDADES HOJE

Finalmente gostaria de acrescentar algumas palavras. Hoje, nós temos quatro responsabilidades:

1) Quanto aos pecadores, temos de pregar o evangelho.

2) Quanto a Satanás, temos de perceber a luta espiritual.

3) Quanto à igreja, temos de nos apegar ao que vemos hoje.

4) Quanto a Cristo, temos de testificar o fato da Sua primazia sobre todas as coisas. Hoje, este testemunho pode ser encontrado na América, Inglaterra, França, Espanha, África e por toda a parte. Todavia, o número não é grande.

Exteriormente falando, a condição deles também é muito fraca. Devemos orar por esses lugares.

 

Versículo Para Ler e Orar

   
Copyright 2008 Igreja em Campina Grande. Todos os Direito Reservados
Ultima Atualização: sexta-feira, 07 de agosto de 2015 17:13:19